Sábado, 8 de Maio de 2010

Vamos Salvar Sortelha!


Alguns dias atrás visitei Sortelha, uma das emblemáticas Aldeias Histórias de Portugal. Já lá não ia há cerca de 15 anos, altura em que a aldeia estava a começar a dar os primeiros passos com vista à sua recuperação e valorização. Confesso que não me apercebi de grande evolução entre o que vi e senti na altura e o que agora se pode encontrar nesta aldeia. Fiquei com a estranha sensação de que neste caso, esperemos que não em todos os outros, talvez se esteja à beira de uma oportunidade perdida, do gorar de algumas expectativas e que muito mais se poderia ter já feito para colocar estes espaços nas rotas turísticas e culturais do nosso país, contribuindo assim para o desenvolvimento local e para o estancar do abandono a que o interior do país tem sido votado.

No dia seguinte passei pelo Sabugal, sede do concelho ao qual pertence Sortelha. Num dos poucos espaços que no (mal aproveitado) centro histórico, persiste em apostar na qualidade do serviço e na valorização da cultura local, tomei conhecimento de um abaixo-assinado com o título “Vamos Salvar Sortelha”. Depois de me inteirar do assunto, fiquei ainda mais convencido que as minhas impressões do dia anterior tinham sido o espelho de uma realidade quiçá ainda mais preocupante.
A ser verdade o que se retrata na foto em anexo, a instalação de um parque eólico a poucas centenas de metros das muralhas desta aldeia histórica será mais um grave atentado ao nosso património comum e um motivo para a crescente descrença de quem ainda acredita e luta pela sobrevivência do nosso mundo rural. Não se trata de pôr em causa o investimento nas chamadas energias alternativas, as quais devem ser uma opção cada vez mais importante no que toca à resposta de conciliar as necessidades de consumo de energia com a urgência de a produzir de forma sustentável. Aqui o que está em causa são outros valores, os quais não podem ser sacrificados em nome de interesses pessoais ou comerciais, como se um aerogerador fosse a panaceia que ninguém pode contestar ou colocar em questão. O que aqui e em vários outros locais do país está em causa é a falta de bom senso, a ausência de visão e a arbitrariedade de quem decide instalar um parque eólico num espaço único em termos naturais, culturais e paisagísticos. Existem marcas que são insubstituíveis na identificação de um local ou até de um país. Deveríamos ser minimamente inteligentes e perceber que essas marcas não podem ser apagadas de ânimo leve, sem se estudar todas as alternativas possíveis e explorar todas as soluções minimizadoras que se imponham.
Ao que parece há quem ainda lute contra estes “moinhos de vento” que nos tentam vender a todo o custo, como sinónimo de progresso e desenvolvimento. Se acharem por bem podem assinar e divulgar a petição "Vamos salvar Sortelha" em: http://www.petitiononline.com/Sortelha/petition.html.

Publicado por Armando às 16:05
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

.Artigos recentes

. Rural Matters!

. Artes e Ofícios!

. Rural(idade) vs. Urban(id...

. Despovoamento!

. E tudo a água (e o betão)...

. Ainda há pastores!

. Agrocultura!

. Promessa!

. Povo que (ainda) lavas no...

. Adufada!

. Os Novos Povoadores!

. A propósito do fecho das ...

. Vamos Salvar Sortelha!

. Dia Internacional dos Mon...

. O Portugal de Orlando Rib...

. O Entrudo!

. Cantar as Janeiras!

. Ritos Transmontanos!

. Genealogia!

. Arquitectura Tradicional ...

. Música Popular Portuguesa...

. Etnólogos Portugueses!

. A aldeia da minha vida!

. Qual é a aldeia da sua vi...

. Nova Corte na Aldeia. Int...

. A propósito do acidente n...

. Querem destruir o Museu d...

. O que é a paisagem?

. Os incêndios e a desertif...

. Portugal a voo de pássaro...

.Arquivos

. Agosto 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2007

. Outubro 2006

. Maio 2006

. Fevereiro 2006

. Novembro 2005

. Julho 2005

. Janeiro 2005

. Outubro 2004

. Julho 2004

. Abril 2004

. Fevereiro 2004

.Links

.Pesquisar neste blog

 

.Visitas

Website counter

.Visitantes Online

.Facebook